Papo sem fio com Bia Kunze

Por Rodolfo Rodrigues

biakunze_garotasemfio_logotipo

Logo do blog

Todo mundo que gosta e acompanha tudo sobre tecnologia conhece a Garota Sem Fio, Bia Kunze, mas muita gente não sabe como ela começou. Como uma dentista que cursou Rádio e TV e Jornalismo, mas não terminou, foi virar consultora em tecnologia móvel? Como também sou curioso resolvi procurá-la no Telegram e pedir uma entrevista para o blog.

Muito simpática e atenciosa, ela respondeu as perguntas em forma de áudio. Resolvi transcrever de maneira diferente, ao contrário das entrevistas ping pong (pergunta e resposta) que sempre publico no Palpitando o Cotidiano, coloquei os temas em tópicos, com as aspas dela na sequência. Espero que vocês gostem. Acompanhe nosso canal no Telegram: https://telegram.me/palpitandoocotidiano

O começo da Garota Sem Fio

“Formei em 1997 (odontologia) e foi nessa época tive meu primeiro celular, porque precisava de alguma coisa que me ajudasse no início da vida profissional. Tava começando a montar um consultório, mas eu também estava servindo o exército como dentista, era recém-formada, e começando cursar uma especialização em outra cidade que ficava a 100km de Curitiba, então para poder juntar tudo isso, o celular se tornou bastante útil.  Mas em 2001 eu ganhei um Palm que começou ajudar muito na minha vida profissional, para organizar cliente, material de referência, agenda e tudo mais. Fiquei muito entusiasmada com aquilo, comecei a participar de listas de discussão na internet para aprender, porque eu era totalmente crua nesse tipo de coisa, era um zero mesmo em tecnologia. Fui aprendendo explorando melhor as possibilidades e a ideia do blog veio em 2002. Começou no Blogger e depois migrei pro Blogspot porque dava pra publicar a partir do Palm, mas como não havia a possibilidade de exportar os posts eu acabei perdendo uns oito meses mais ou menos de blog, mas a partir de 2003 todo histórico está até hoje no meu blog. Então comecei para compartilhar aquilo que eu ia aprendendo, descobrindo, porque as listas de discussão e os grupos de internet eram muito focados nos ‘ninjas de TI’, então o blog surgiu com a ideia de compartilhar o que eu aprendia com uma linguajar mais fácil para que outras pessoas que tinham profissões ‘normais’, que não fosse de TI, pudesse explorar os Palms e a tecnologia móvel igualmente”.

Outras plataformas

“O podcast começou em 2005, e o Youtube eu tenho a conta desde que começou, postava um ou outro vídeo, mas agora estou postando mais, porque as pessoas estão acessando mais o Youtube e as nossas conexões melhoraram para ver vídeo, essa era uma grande limitação que a gente tinha lá por 2006. A plataforma que gosto mais é o meu blog, eu gosto de redes sociais, mas gosto mais do blog eu mando e desmando e ninguém me censura lá”.

Dicas de aplicativos (pedi três)

“Sobre os apps que indico, eu pesquiso, os leitores me mandam dicas e os desenvolvedores me procuram também. Muitos eu vou acompanhando os desenvolvimentos dos aplicativos, alguns nem publico, fico apenas testando de beta. Falar do Evernote é lugar comum, sou embaixadora, me tornei embaixadora porque era uma heavy user e fã. Então eu não fico divulgando e falando do Evernote porque sou embaixadora e sim o contrário, me tornei embaixadora porque era entusiasta do aplicativo. Sou muito fã do Telegram, tenho um canal lá, a adesão foi muito grande, os mais engajados, os que gostam de novidade estão adotando o Telegram e descobrindo novos usos. O Skype eu uso muito, praticamente todas reuniões que faço com desenvolvedores, empresas e clientes é via Skype, inclusive pelo smartphone, isso me dá muita liberdade. Uso desde que surgiu, isso já vão uns 15 anos pra mais. Gravo meus podcasts também com ele, costumo entrevistar as pessoas e gravo através de um plugin de outro aplicativo”.

WhatsApp vs Telegram

“As pessoas preferem o WhatsApp ao Telegram porque elas não conhecem. O Facebook e o WhatsApp são os mais conhecidos, brasileiro praticamente só usa rede social no smartphone, aplicativo de produtividade, utilitário são bem poucos. É desproporcional se colocarmos em uma balança. Falta informação, o brasileiro tá muito conectado, mas tá bem desinformado, infelizmente, eles gostam de memes, não gostam de notícia”.

Marco Civil

“Acho que foi uma conquista importante. É uma iniciativa que a gente não vê em outros países, só que ainda tem coisas para acertar as ponteiras, os aplicativos manterem o registro do usuário é uma questão bem polêmica e complicada, por causa da privacidade. E também a questão da neutralidade da rede que no Brasil não está sendo desrespeitada, aliás, foi o quesito mais comemorado do Marco Civil foi a neutralidade, mas infelizmente no Brasil está se tomando um outro caminho, até falei no blog porque sou contra as promoções com Facebook, Twitter e WhatsApp grátis, lá eu explico direitinho”.

Bloqueio do WhatsApp

“Sobre o bloqueio do WhatsApp foi uma atitude totalmente autoritária e desproporcional eu acho que essa questão tinha que ser resolvida diretamente com o Facebook através de outras medidas. Foi um exagero colocar mais de 100 milhões de usuários sem o serviço no Brasil foi uma reação desproporcional”.

Mensagem para os internautas

“Minha mensagem é para ter mais controle sobre aquilo que consomem na internet, consuma aquilo que você gosta e que tem relevância pra você e não aquilo que o Facebook empurra. O Facebook faz uma curadoria de conteúdo, ele diz que o algoritmo é baseado no gosto do usuário e ele entrega o que o usuário gosta mais, mas isso não é verdade. O Facebook entrega aquilo que é mais interessante para ele. A gente vê que post de humor e meme faz muito sucesso porque o Facebook colabora para disseminar esse tipo de assunto, a informação, a notícia mais aprofundada, o artigo importante fica em segundo plano. A empresa gosta de polêmica porque é aquilo que dá visualização, as pessoas veem mais anúncio e é isso que dá dinheiro. Portanto peço que saiam um pouco do Facebook, use agregadores de feed para ler seus sites e blogs favoritos e controlar aquilo que você realmente gosta, sem interferência externa. Hoje o lema do meu blog é usar a tecnologia móvel com mais sabedoria, antes eu queria que as pessoas conhecessem a tecnologia móvel, eu difundia o uso de smartphones e apps, hoje isso não é mais necessário, meu blog foi se moldando conforme o público ia se transformando, então prefiro passar a ideia de um uso mais racional e mais inteligente da tecnologia móvel”.

Bia Kunze
*consultora em tecnologia móvel

*blogueira, podcaster, palestrante e professora

*comentarista da rádio CBN Curitiba

www.garotasemfio.com.br/blog

Twitter.com/garotasemfio

https://telegram.me/garotasemfio

 

SAMSUNG CAMERA PICTURES

  Bia Kunze

 

Anúncios

Sobre palpitandoocotidiano

Sou jornalista, com pós em empreendedorismo e marketing.
Esse post foi publicado em Bate papo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s