Criatividade a serviço do bom humor

Por Rodolfo Rodrigues


frans

Ele dita tendências nas redes sociais (principalmente no Twitter) criando vários Memes, tem uma linguagem peculiar e arrasta vários seguidores. Aos 25 anos, o designer Fransuel Nascimento é uma figura ímpar no mundo virtual. Criativo e sempre engraçado, ele agora leva seu sucesso no Twitter para o blog “Deixa que eu manjo”. A seguir um bate papo que tivemos via e-mail:

PALPITANDO – Você é mineiro de Governador Valadares, conta como foi parar em Curitiba.

FRANSUEL – Eu ganhei uma bolsa na PUC-PR pra estudar design gráfico e vim pra cá em 2007. Desde então moro aqui. É uma cidade que eu adotei como minha e acabei fazendo minha vida pra esses lados.

PALPITANDO – E o Twitter, quando começou e quando percebeu que seu perfil fazia sucesso?

FRANSUEL – Eu comecei em 2009, não sabia usar direito. Em 2010 eu comecei com o Caps Lock, o gatinho, a porra toda.

PALPITANDO – E o lance de escrever sempre em caixa alta? Foi proposital, ou foi algo sem querer que virou sua marca?

FRANSUEL – Foi por influência do @kadubocao e do @sosjorginho, que já escreviam assim em 2009, 2008… Com o tempo, o Kadu foi deixando de lado o Caps e o Jorginho postando um pouco menos, então acabou que ficou parecendo que eu que iniciei esse estilo, mas não foi.

PALPITANDO – E o avatar do gatinho, como surgiu a ideia?

FRANSUEL – Foi da mesma época do Caps Lock, lá em 2010. Estava procurando uma imagem legal no Google e simplesmente apareceu essa foto na minha tela e não pude ficar insensível a ela. Ao longo do tempo fui modificando a mesma, com o gorrinho de natal e a camisa da Juve, mas sempre com o gatinho.

PALPITANDO – Já aconteceu de novos seguidores tentarem corrigir a grafia errada de algumas palavras?

FRANSUEL – Sempre acontece.

PALPITANDO – Sempre usou o nickname Serginho do Roupa, em homenagem a sua banda favorita? Já conseguiu algum contato com o Roupa Nova?

FRANSUEL – A história do Serginho do Roupa é a seguinte: eu sempre usei o nome “Fransuel” mesmo, normal. Aí, numa brincadeira entre amigos, eu fui alternando os nomes pra umas coisas esdrúxulas até parar em “Reinaldo do Terra™”. Depois de algumas semanas troquei de novo pra “Serginho do Roupa™” e nunca mais troquei. Mas foi por acaso, não teve nenhum motivo específico. Sobre o contato com o Roupa Nova, só fui num show uma vez, mas nada mais.

PALPITANDO – Roupa Nova ou Oficina G3, o que você mais ouve no momento, já que são suas bandas favoritas?

FRANSUEL – Eu sempre ouvi muito os dois desde adolescente. Mas são as bandas com quem eu mais brinco na internet, então fica essa impressão de fãnzão e tals. Mas ouço também muito Sepultura, Incubus, Petra, Ed Motta, Folk e Blues em geral. Eu gosto de bastante coisa, mas já to velho pra saber de todas as bandas que existem no mundo.

PALPITANDO – Você é responsável por alguns memes, algum ficou marcado em especial? Qual?

FRANSUEL – Em 2011 ou 2012 não me lembro, teve o “É poca zuera?” que ficou bem marcado, eu gosto dele bastante.

PALPITANDO – Existe uma fórmula para o sucesso de memes?

FRANSUEL – Não. As coisas simplesmente acontecem, a gente tem é que ficar atento pra saber o que é ou não engraçado e explorar aquilo. O meme é uma piada que nasce crua, quem desenvolve ela é a gente. Na internet as coisas vão e vem muito rápido e é preciso interpretar isso muito rápido.

PALPITANDO – No Twitter você fala muito sobre futebol, cantadas, música e alguns temas polêmicos. Já teve algum problema mais sério ou o pessoal sempre leva no bom humor?

FRANSUEL – Nenhum problema até hoje, por isso que ainda estou no Twitter.

PALPITANDO – O Fransuel das redes sociais consegue ser um “personagem” sempre, ou se mistura entre o real e o fictício? Acontece de falar algo sério e as pessoas levarem sempre pro lado do humor? (Putz, que pergunta meio Marília Gabriela).

FRANSUEL – Dificilmente eu falo algo muito pessoal no Twitter, gosto de deixar as coisas que eu sinto e penso pras minhas amizades “off-line”. Se eu não estou bem eu não estou no Twitter. Acho importante pra mim essa separação. Sobre falar sério, as pessoas sabem quando é sério e quando não é. Não tenho muito esse tipo de problema.

PALPITANDO – Todo mundo sabe que você torce pela Juventus, mas poucas pessoas sabem como essa paixão começou. Reza a lenda que você torcia pelo Atlético/MG e desencanou com o futebol brasileiro. Procede?

FRANSUEL – Eu já acompanhava a Juventus desde 2006, por causa do meu irmão mais novo. Ele era fã do Nedved e ficamos mais próximos um do outro torcendo juntos pela Juve, numa época em que meus pais estavam se separando e tudo mais. O lance com o Galo foi só em 2011, 12, sei lá. Depois do 6×1 pro Cruzeiro na última rodada eu larguei de mão. Mas não tem a ver um time com o outro.

PALPITANDO – Falando em futebol, diga para os leitores o nome do grande craque grego da Copa.

FRANSUEL – Grego Cholevas.

PALPITANDO – Você trabalha como designer, já rolou algum emprego ou proposta relacionada à sua visibilidade na internet?  Monetizou seu Twitter ou Facebook?

FRANSUEL – Já rolou de fazer algumas campanhas, mas é raro. Meu perfil é muito específico e as marcas não procuram muito.

PALPITANDO – O que mais te irrita na internet hoje em dia? E o que você mais gosta?

FRANSUEL – O que mais me irrita são correntes falsas, e o que eu mais gosto é humor involuntário e fotos de bichinhos.

PALPITANDO – Nos últimos dias perdemos um grande humorista, o Fausto Fanti, do Hermes e Renato. Vi que você ficou abalado e colocou a foto dele em seu avatar. O que Hermes e Renato representa pra você? Além deles, o que você gosta no humor brasileiro?

FRANSUEL – O Fausto foi um ícone do humor da minha geração, um cara com um talento enorme. Na minha época, a galera que vinha fazendo humor no Brasil era remanescente do humor político, das marcas da ditadura. Era uma vibe completamente diferente da nossa. Com o Hermes e Renato, veio um humor jovem e feito por jovens, desvinculado desse peso negativo todo. Os caras só queriam se divertir, e assim divertiram todos nós. Além deles, o que eu gosto de humor brasileiro está restrito aos quadrinhos. Gente como Arnaldo Branco, André Dahmer, Allan Sieber… E essa galera nova que está no Twitter também. O verdadeiro humor brasileiro hoje está lá.

PALPITANDO – Seu novo projeto na internet é o ótimo blog “Deixa que eu manjo”, conta um pouco para os leitores do Palpitando como surgiu a ideia e do que se trata o blog.

FRANSUEL – O “Deixa que eu manjo” na verdade não é meu, é um dos canais do Portal Pop, e eu sou um dos editores. É um projeto legal, eu gosto porque é algo que eu já vinha fazendo na internet, em blogs que eu anteriormente tinha. Mas é algo que não é “meu”, mas é adotado com muito carinho.

PALPITANDO – O blog é constantemente atualizado, mais pessoas ajudam você? Como surgem as ideias para as postagens, existe uma espécie de reunião de pauta ou cada um tem sua liberdade pra criar?

FRANSUEL – Sim, tem outras pessoas que me ajudam, e escrevem com muito talento. As ideias surgem com muita liberdade, não há o que reclamar nesse sentido. Existe sim uma reunião de pauta, mas é com a função de discutir ideias e trocar umas figurinhas, mas é tudo feito de uma forma bem bacana.

PALPITANDO – Tem retorno dos leitores sobre as dicas que vocês dão no blog?

FRANSUEL – Sempre tem, seja via Twitter ou Facebook.

PALPITANDO – Pra terminar, no seu perfil do Twitter você se intitula como o “ídolo das criancinhas”, então que conselho você dá para as crianças?

FRANSUEL – Larguem os estudos.

 

Acompanhe Fransuel:

Twitter: https://twitter.com/_fransuel

Facebook: https://www.facebook.com/underline.fransuel?fref=ts

Blog: http://deixaqueeumanjo.pop.com.br/

Anúncios

Sobre palpitandoocotidiano

Sou jornalista, com pós em empreendedorismo e marketing.
Esse post foi publicado em Bate papo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s