Dedé: reforço além das quatro linhas

Por Rodolfo Rodrigues

dedetrofeu

A qualidade técnica do zagueiro Dedé é nítida e notória, para todos que acompanham o futebol. Mesmo vivendo um momento ruim, como todo o Vasco, é um grande reforço para o Cruzeiro.

Vou além: Dedé não é uma boa apenas para arrumar o setor defensivo (que ainda carece de um volante, com maior poder de marcação), sua contratação mostra que o Cruzeiro está de volta ao mercado, e com força.

Nos dois últimos anos, o clube conviveu com campanhas sofríveis, luta contra o rebaixamento, boatos de falta de grana e de que o clube, que sempre se gabou de ter as finanças em dia, estava falido.

Dedé era pretendido por Corinthians e São Paulo, que hoje possuem uma condição financeira muito melhor que o Cruzeiro. Neste caso, vejo a contratação como emblemática.

Muitos questionam que a negociação é arriscada, já que envolveu valores astronômicos e que além de não viver um bom momento, o jogador poderá passar por uma intervenção cirúrgica no abdômen. Mas vale um questionamento: melhor apostar em Dedé, ou em ‘Mateus’, ‘Donatos’ e ‘Nirleys’? Nada contra estes atletas pessoalmente, só não acho que são do nível de um clube grande como o Cruzeiro.

Quando a diretoria não investe, acusam que não querem ser campeões, e que falta ousadia, mas quando investem ficam arrumando explicações dizendo que é caro, ou que o jogador tá mal.

Em Minas Gerais, temos a péssima mania de desvalorizar as coisas. Se Dedé tivesse indo para o Corinthians, por exemplo, todo mundo estaria exaltando. Mas aqui nas montanhas, alguns criticam.

Se ele vai jogar bem ou não, não tenho bola de cristal, mas acho que a “aposta” é válida. Acredito que Dedé tem tudo para recuperar seu grande futebol, que o levou à seleção brasileira.

Anúncios

Sobre palpitandoocotidiano

Sou jornalista, com pós em empreendedorismo e marketing.
Esse post foi publicado em Esporte. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Dedé: reforço além das quatro linhas

  1. CELIOPEREIRADASILVA disse:

    CONCORDO PLENAMENTE SOMBRA TAVA FALTANDO UM ZAGUEIRO DE SELEÇAO BRASILEIRA E AGORA TA FALTANDO UM VOLANTE DE PEGADA FORTE

  2. Flávia Ellen disse:

    Rodolfo, sou atleticana, mas consigo ser imparcial e concordar que se fosse para o eixo RJ-SP, estariam exaltando mais a contratação. Mas fica a minha “cornetada”: ele é um zagueiro superestimado exatamente por jogar no RJ. É bom sim, mas superestimado. É só ver que o Milan tirou o Thiago Silva do Fluminense por um preço semelhante. De qualquer forma, acrescenta ao grupo, mas fica outra pergunta: Paulão, Bruno Rodrigo e Nirley chegaram esse ano. O clube ainda tem Léo e Victorino, dois zagueiros relativamente caros pra ficarem como 3º ou 4º reserva, além de Thiago Carvalho. Talvez não teria sido mais interessante utilizar o dinheiro do Dedé para reforçar a lateral esquerda (com o improvisado e inconstante Everton, cujo reserva é Egídio e não é bom) ou a primeira linha de volantes? Porque, sinto muito, Leandro Guerreiro e Uelliton não são jogadores titulares em nenhum clube grande (os 12 grandes, eu digo) desse país.

    Saudações futebolísticas.

    • Junior Cremonezi disse:

      Concordo flávia, que o cruzeiro carece de um volante pegador, e que a lateral esquerda é inconstante. Mas por favor me cite 2 bons laterais esquerdos. E quais times do brasil possuem?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s