Meio século de uma lenda

Por Rodolfo Rodrigues

jordan

Hoje um dos meus maiores ídolos do esporte, quem sabe o maior, completa 50 anos. Michael Jordan foi o responsável por eu jogar basquete. Sim, mesmo com apenas 1,80 m eu joguei nas categorias de base da Usipa, um clube de Ipatinga/MG.

Apaixonei-me pelo esporte e suas jogadas plásticas, graças a este homem, ou melhor, esta lenda, o maior de todos os tempos.

Tive o privilégio de assistir o Dream Team de 1992, nos Jogos Olímpicos de Barcelona. Além de Jordan, a equipe contava com Magic Johnson e Larry Bird, só para citar dois, pois era um verdadeiro desfile de craques. Sem esquecer, é claro, de várias partidas do excelente Bulls dos anos 90.

Michael popularizou a NBA no mundo, camisetas, bonés e outros acessórios, principalmente do Chicago Bulls, eram comuns nas ruas do Brasil. Todo mundo queria usar o lendário número 23.

Antes da popularização da internet, onde as pessoas idolatram figuras descartáveis, ou endeusam qualquer feito, Jordan foi um grande fenômeno de marketing. Imagina se ele jogasse nos tempos atuais?

É claro que ele não vai ler este texto, mas isso não impede de deixar aqui meus parabéns e desejar somente coisas boas para um “cara” que me deu bastante felicidade. Parabéns, MITO!

Anúncios

Sobre palpitandoocotidiano

Sou jornalista, com pós em empreendedorismo e marketing.
Esse post foi publicado em Esporte. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s