União de astros

Por Rodolfo Rodrigues

Them Crooked Vultures play Metro Chicago, 8/9/2009. Photograph by Joseph Mohan

Quem nunca brincou de montar uma banda dos sonhos? Um baterista que você é fã, junto com o mais virtuoso guitarrista. O vocal que te encanta e o melhor baixista do mundo?

Todo fã de rock, pelo menos uma vez na vida, já teve delírios imaginando reunir os ídolos no mesmo grupo. Em 2009, uma destas bandas dos sonhos foi formada nos EUA.

“Them Crooked Vultures” é um super grupo de rock formado por John Paul Jones, Joshua Homme e Dave Grohl. A primeira apresentação da banda foi realizada no dia 9 de agosto de 2009 no Metrô de Chicago.

Esta é uma daquelas bandas que já nascem com sucesso. O baixista John Paul Jones foi membro de uma das maiores bandas que o mundo já conheceu, o Led Zeppelin; Joshua Homme é vocalista e guitarrista do Queens of the Stone Age, banda de hard rock, formada no final da década de 90, que se tornou conhecida no Brasil, após sua participação no Rock in Rio, em 2001; e Dave Grohl foi baterista do Nirvana, banda ícone dos anos 90, e hoje é guitarrista, vocalista e fundador do excelente Foo Fighters.

Dave Grohl e Joshua Homme são amigos de longa data e já até tocaram juntos em um disco do Queens of the Stone Age, onde Grohl assumiu as baquetas. Os dois já pensavam há anos em fazer um disco. Quando apareceu a oportunidade de tocar com o ídolo John Paul Jones, que participou do DVD dos Foo Fighters gravado no estádio de Wembley, em Londres, surgiu o Crooked Vultures.

Até o momento, os músicos lançaram apenas um disco, que possui o mesmo nome da banda. Them Crooked Vultures, lançado pela Sony/BMG, possui 13 faixas. O que se ouve neste CD de estréia, desde a No One Loves Me & Neither Do Iaté aSpinning In Daffodils, é uma ‘sonzeira’ boa atrás de outra, sem poupar nenhum ouvinte no meio do caminho.

A diferença deste time dos sonhos para os demais é que a banda não foi formada por uma gravadora ou algum produtor que deixa o lado financeiro sobressair ao lado artístico. O Them Crooked Vultures surgiu porque junta artistas que se admiram, apreciam os trabalhos uns dos outros e tiveram a ideia de criarem algo em conjunto.

Na minha opinião, a qualidade deste trabalho se justifica por nenhum dos membros se um jovem ‘rockstar’ deslumbrado com a fama, querendo aparecer a todo custo. Os três já possuem uma carreira consolidada e o respeito dentro do mundo do rock and roll. Por isso a banda não se apegou ao modismo, muitas vezes imposto pela grande mídia, e fazem o som que curtem para quem quiser ouvir.

O triste é pensar que quase sempre esses super grupos têm uma vida curta. Então, aproveitem enquanto eles ainda estão vivos e prometem gravar pelo menos mais um álbum!

 

 

*Texto publicado em 21/03/2010, na coluna Mirante, que era feita por mim e pela jornalista Andressa Moreira, no jornal Vale do Aço.

Anúncios

Sobre palpitandoocotidiano

Sou jornalista, com pós em empreendedorismo e marketing.
Esse post foi publicado em Memória. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s